Quarta-feira, 31 de Março de 2010

Desapareci ///▲

Photobucket

Não atendo chamadas, não respondo a mensagens, não apareço no MSN....não estou para ninguém. Não irão ouvir mais falar de mim até eu achar que podem. Até lá nenhuma pessoa irá sequer  dizer que me viu. Para a semana irei para longe e ninguém poderá falar comigo. E esta semana não quero eu falar com quem quer que seja. Mas a pergunta chave é: sentirão mesmo falta do egoísta e infantil que sou? Obvio que não.


Se agora prefiro estar sozinho é porque realmente não preciso de vós.

tags: , , ,
publicado por JoãoVieira às 23:45
link | comentar | ver comentários (8) | favorito
Quinta-feira, 25 de Março de 2010

Esta merda vai mudar ///▲


Photobucket

Dia 7 vou para a Noruega. Intercâmbio. Ando em aulas de norueguês para passar o tempo. É engraçado até. É melhor que ter aulas a sério. Mas já estou oficialmente de férias. Finalmente. Não tenho ideia do que estou a fazer á minha vida. E ainda bem. Estou bem assim. Ando arrumar com umas coisas que já devia ter arrumado á muito tempo. Ainda tenho na cabeça a madrugada de domingo.21. ela ainda se lembra também. Sei que sim. Sinto-me a voltar ao que sou. E o que tivemos deixou-me a pensar. Não sei para quem é que corro. Mas sinto que tenho de correr para alguém. Porque eu estou cada vez mais necessitado de ter uma pessoa do meu lado. Quem eu quero, por me conhecer tão bem, não me quer. E quem me quer, não consigo querer. Porque nem o coração nem a cabeça me deixam avançar. Estou a acordar. Sinto-me a mudar esta merda toda. A partir de hoje.

Estou a ouvir: Supermode - Tell Me Why
publicado por JoãoVieira às 23:57
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 19 de Março de 2010

Felicidade ///▲

Photobucket

De facto todos somos bons em alguma coisa. Por vezes não chega nem o tempo de uma vida para descobrirmos onde o somos. Mas a verdade é que existe um lugar onde nos encaixamos. Onde somos perfeitos. Só o temos de procurar. E de continuar á procura.

 

Estou a ouvir: You me At Six - If You Run(Acoustic)
publicado por JoãoVieira às 00:01
link | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sábado, 13 de Março de 2010

Vida de estudante é muito fodida///▲

Photobucket

A maioria nem sabe o que anda a fazer lá. Mas eu digo. Andar na escola só nos faz bem. Não é que foder o cérebro todo com assuntos de merda seja bom. Porque definitivamente não é. Mas tem uns quantos outros aspectos positivos que não envolvem marrar de manhã até á noite. Passo a explicar. As aulas ás 8 e meia. É excelente. De manhã é que se começa o dia. E como diz gente velha, “deitar cedo e cedo erguer...”. Enchemo-nos logo de saúde assim.

 Partimos para outro aspecto. Andar na escola mantêm-nos em forma. A sério. Ou vão dizer que andar a carregar o peso dos livros, ás costas, de um lado para o outro, o dia inteiro, não é desgastante? E se desgasta, queima-vos calorias. Gordas. E isto já sem meter as aulas de educação física ao barulho ou as vezes em que saímos de casa a correr porque já estamos atrasados e mais que atrasados. Mas se não andam a estudar, que andam lá a fazer? Outro aspecto positivo. Vocês não estão sozinhos na escola e existem montes de pessoas interessantes que podem conhecer, conversar… dar uns amassos nos corredores ou foder nas casas de banho. Isto tudo claro, durante os tempos em que deviam estar na sala a apresentar um trabalho importante ou a fazer teste.

 Não compreendo é como há gente que se pudesse escolher preferia ficar na cama todas as manhãs. E fechar-se em casa o resto do dia. Lá no sofá, á frente da televisão, a comer qualquer coisa doce, para criar barriga e engordar como porcos. Tristes.

 Por fim, na vida de um estudante de secundário, ainda há as visitas de estudo,as aulas com professoras boas, viagens ao estrangeiro…Resumindo esta merda toda, vida de estudante não é só livros e tpc’s. Foda-se, devem é pensar que não temos mais nada para fazer.

Estou a ouvir: The Misfits - Dig Up Her Bones
publicado por JoãoVieira às 18:45
link | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quinta-feira, 11 de Março de 2010

Porque um dia alguém disse que esta música a fazia lembrar-se de mim///▲

 

E eu nunca entendi porquê, não é o tipo de som que costumo ouvir. Já alguém experimentou andar e mexer em pastas no PC com ficheiros antigos? É impossível que não acabemos a sorrir. Vêm todas as boas memórias ao de cima. Lembrarmo-nos de grande parte do que já vivemos. Será este a sensação de envelhecer? Olhar para trás e sorrir pelo que já passou? Não sei. Só sei que hoje me lembrei do dia em que ela me mandou esta música dizendo que sempre que a ouvia era eu que lhe vinha á mente.

 

publicado por JoãoVieira às 22:27
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010

Dinheiro não compra amor. Dinheiro compra mais do que isso///▲

Photobucket

É, talvez, a maior treta alguma vez contada. As pessoas criaram a ilusão de que dinheiro não traz felicidade, mas isso não é verdade. Isso não passa de paleio de pobre. Uma desculpa para justificar a falta de nota no bolso. Justificam a falta de riqueza ao dizerem que apesar da ausência do que é importante, se é na mesma feliz. Não é verdade. É feliz talvez quando o mês acaba e o desgraçado recebe pelo esforço do mês inteiro. Mas ainda o mês vai a meio e o homem já passa dificuldades.

 Pobre é pobre, mas diz que tem amor. Mas se ele fosse rico nada o impediria de ser igualmente amado. Ou talvez fosse mais amado ainda. Quem é que se importa com bolsos rotos? A verdade é esta. Dêem fortunas a um sem abrigo sem filhos nem família. Ele vai comprar casas, comida, jóias, sexo, carros…com isso tudo ele não pensaria em amor. Isso nem sequer lhe iria fazer uma mínima falta na sua luxuosa vida.

 Ele terá tudo. E mesmo sozinho ele conseguirá ser feliz. E porque? Tudo que o dinheiro compra não desilude. Os luxos não nos conseguem desiludir. E melhor. Irão durar para sempre. Como eternos diamantes. O amor não. Tão fantástico que é acaba por desaparecer aos poucos. Auto-degradável. E à medida que se destrói a si próprio, destrói também a nós. Dá-nos uma falsa ideia de felicidade. A consciência disso só vem depois. No fim de tudo e no começo da desgraça da alma.

 

Estou a ouvir: Sugarman 3 - Take It As It Come
publicado por JoãoVieira às 22:11
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 7 de Fevereiro de 2010

Tempo e espaço ///▲

Photobucket

Quero permanecer aqui, nos mesmos lugares, na mesma cidade mas…quero voltar atrás, a um tempo que já me pertenceu.

 Eras minha. Foi essa a ideia que me fodeu a vida. Julgar que estarias comigo para sempre, independentemente dos meus actos e estupidez. Não ficaste. Tínhamos o futuro para nós. Montes de histórias só nossas. Tínhamos planos e promessas, promessas e planos. Todos eles destruídos no dia em que decidiste afastar-te de mim. Só nesse dia é que acordei para tudo.

 Há bastantes coisas de que me arrependo todos os dias de as ter feito. Hoje todas elas decidiram esbarrar-se contra mim. E foi hoje enquanto eu estava sozinho, a procurar um pouco de paz interior, que te vi. Veio-me tudo a cabeça. Os dias. As brincadeiras. As palavras. Os textos. A minha vida nunca mais foi a mesma desde que te perdi. É com a maior sinceridade que te digo isto. Não posso voltar para ti. Já tens alguém. Só me resta esperar que um dia uma pessoa como tu apareça na minha vida com a mesma vontade de me fazer feliz que tu tinhas. Não estou muito optimista acerca disso. Não mesmo. Mas quero acreditar que esse dia vai chegar.

 Se hoje pudesse, dava tudo para te ter de volta, largava tudo por ti. O que tenho e o que não tenho. Toda a minha vida, todas as minhas posses, todas as minhas conquistas, grandes histórias e memorias que vieram depois de ti. Largava tudo, sem hesitar. Sem pensar duas vezes. Porque se alguma vez fui feliz, então essa vez foi contigo.

Gostava que um dia lesses isto. Não vai acontecer.

 

Esta cidade perdeu o significado para mim. Preciso de ir embora daqui.

 

Estou a ouvir: Stardust - Music sounds better with you
publicado por JoãoVieira às 20:33
link | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2010

Tempo e espaço...///▲

Photobucket

Se pudesses voltar atrás no tempo…o que mudavas na tua vida?

 

Estou a ouvir: Classixx ft Jeppe - I_ll get you
publicado por JoãoVieira às 00:23
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

▲Mais//Textos//

Desapareci ///▲

Esta merda vai mudar ///▲

Felicidade ///▲

Vida de estudante é muito...

Porque um dia alguém diss...

Dinheiro não compra amor....

Tempo e espaço ///▲

Tempo e espaço...///▲

▲Mais//Comentados//

▲arquivos//

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

▲_

zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz