Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009

RESET à puta da vida.

Photobucket

É isto. Perdi tudo que de valor a minha vida tinha. Todos os pilares que me suportavam. Todas as pessoas que amei, deixaram-me. Todas que prometeram ficarem comigo para sempre, partiram sem mim. Nem mais um “Amo-te” na minha vida, nem mais uma palavra de consolo.

  È sempre a mesma merda. Já me acontece tantas vezes ver pessoas importantes partirem que deixou de ser uma sensação de dor e mágoa para passar a ser mais um déja vu. Mas mesmo assim, custa sempre.

  Não falo disto de modo a acabar favorecido. Nem preciso de contar as histórias a caírem para o meu lado, não quero que as pessoas tenham pena de mim. Não preciso dessas merdas que muita gente usa para se fazerem de coitadinhas.

 Sou também uma Puta. Sim sou uma puta, como toda a gente. Todos somos uma Puta. Mas não sou tanto como algumas pessoas. Nem metade do que algumas pensam que sou.

  Sei que falhei. Tenho completa noção disso. Falhei redondamente em tudo que sou e que fui. Falhei como amigo, como melhor amigo, como namorado, como companheiro, como colega mas… tenho a coragem de o admitir. Não tenho orgulho nenhum em o dizer mas tenho a coragem de o assumir.

  O que me consola é saber que em alguns dos casos não errei sozinho. E se as coisas não aguentaram não foi só minha culpa. Como costumava dizer alguém “quando uma amizade termina, não é só culpa de um lado, mas sim de ambos”.

 Para o ano uma nova vida começa para mim, espero. Tenho uma página completamente em branco á minha frente e terei que enfrentá-la.

 A vida é como uma máquina de jogos. Agora este jogo acabou e estou sozinho, a esperar que alguém apareça, e que insira uma moeda na ranhura para assim começar uma nova aventura a três dimensões .

  Ainda não estamos em 2010 e já perdi o que considerava de mais importante.

///INSERT COIN

 

Hoje estou: morto
Estou a ouvir: Nerina Pallot - Real Late Starter (Superpowerless mix)
publicado por JoãoVieira às 02:51
link | comentar | ver comentários (5) | favorito
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

"FUCK CHRISTMAS BABY...


...YEAH! I GOT THE BLUES!"

Estou a ouvir: The Legendary Tigerman - FUCK Christmas, i got the blues
tags:
publicado por JoãoVieira às 19:48
link | comentar | ver comentários (1) | favorito

És um bocado puta.

Photobucket

Estou a ouvir: Dennis Ferrer - Hey Hey
publicado por JoãoVieira às 15:48
link | comentar | favorito

HOJE

Quero que se foda o natal.

Quero que se foda o espírito desta época.

Quero que se foda a noite de 25 e os dias a seguir a esse.

Quero que se foda o Pai Natal e quero foder a Mãe Natal.

Quero que se fodam as SMS de Natal e os desejos de um ano melhor.

Quero que se fodam todas as pessoas para quem o Natal se resume a consumir.

Quero que se fodam todos que apesar da época me continuam a querer mal.

Quero que o amanha se foda e que eu nunca acorde.

Quero que se fodam todas as pessoas que me abandonaram.

Quero que se fodam todos os que nunca me levaram a sério.

Quero que se foda a passagem de ano.

 

Hoje eu quero que tudo se foda e em 2010 eu quero é que tu te fodas.

Hoje estou: a estimar que te fodas
publicado por JoãoVieira às 13:45
link | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2009

Bigue VS Catarinia

Photobucket

publicado por JoãoVieira às 12:45
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 20 de Dezembro de 2009

Olá, queres ser a minha melhor amiga?

Photobucket

 Não é nada de muito difícil, nem envolve qualquer tipo de responsabilidade. Só tens de estar presente na maior parte do tempo, dizer que me amas, mostrar que te preocupas comigo (mesmo que não estejas nem um pouco importada, o cinismo fica sempre bem), falar-me das tuas depressões e claro conseguir ouvir as minhas.

 Vamos ter montes de planos juntos. Com sorte dou-te alguma coisa pelo natal. Vou-me lembrar do teu aniversário, e pensar em algo bonito para esse dia. Se morares muito longe, não me importarei nem um pouco em percorrer essas centenas de quilómetros para estar contigo, pois és muito provavelmente a única pessoa que me consegue ter ao lado.

 Talvez possas falar mal de mim a outras pessoas, mas que mal faz? Quando dizermos que fica só entre nós é como se ficasse mesmo e então o resto não tem importância.

 Mais cedo ou mais tarde vamo-nos comer, como todos os melhores amigos, e o teu namorado terá isso em mente. Por isso não gostará nem um pouco de mim. Mal ele sabes que todas as gafes que ele comete na cama são do meu conhecimento.

 Vamos discutir muito, e por vezes chorar a falar ao telefone um com o outro. Eu vou aguentar com os teus dramas, tu vais aguentares as minhas bebedeiras. Vamos acabar muitas vezes chateados. Mas ao outro dia pomos a mão na consciência e pedimos desculpa pelo que dissemos e fizemos.

 Tu saberás de toda a minha vida, e eu saberei de grande parte da tua.

Como vês é tudo muito fácil, o mais difícil é continuar a seres a minha melhor á medida que o tempo corre, cada vez vai parecer mais difícil.

 Um dia vamos discutir à séria. Vamos continuar juntos mas não vai ser como antes. Mal nos vamos falar. E com o tempo acabamos mesmo por agirmos como se nem nos conhecermos, como se fossemos dois estranhos.
 A amizade é assim, tem tudo a ver com aparências. Se tudo parecer muito bonito então as coisas vão bem. Dizemos o tempo todo que vai ser para sempre mas acaba como todas as outras coisas boas, más, úteis e inúteis da vida.

 Nada neste mundo é permanente, já me habituei a isso.

 

Estou a ouvir: Serj Tankian - Lie Lie Lie
publicado por JoãoVieira às 22:00
link | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009

Previsão geral para 2010 segundo os astros daqui

Photobucket

 

”Ano novo, vida nova”…Ui claro que sim com a crise em que nos encontramos é bem capaz das coisas mudarem é. Não espere nenhum crescimento económico muitíssimo acentuado na sua vida, o Pai Natal é generoso mas não tanto.

 No campo amoroso pode esperar muitas alegrias. No próximo ano o seu companheiro/a vai traí-lo imensas vezes, mas como vai inventar sempre boas desculpas nunca irá suspeitar de nada.

 No trabalho terá bastante sucesso. Tanto sucesso que até irá ter férias maiores. Em vez daquela meia dúzia de dias para descansar no início do ano ou em Agosto, vai antes ter 365 dias de descanso num ano! Sim, vai ser despedido. Mudará a sua área profissional e optará pelo ramo criminoso. Como até tem o crisma e o 4ºano feito à noite entrará numa importante multinacional que desvia fundos para uma conta offshore nas ilhas Caimão. Assim já terá dinheiro para comprar aquela boneca de ar da loja dos chineses que o seu filho gordo e feio tanto vos pediu como prenda pelo natal no ano passado. Mudará de residência. Acabará os seus dias a morar na Unidade Penitenciária Manoel Neri da Silva numa luxuosa cela com vista para o pátio.

 Saúde: aproveite bem cada dia porque se continuar a consumir drogas e álcool nas mesmas quantidades que tem feito até agora é certo que não passe nem dos 40 anos, seja como for já não vive até aos 60,com alguma sorte talvez consiga chegar aos 50,por isso consulte já a companhia funerária em que a sua família é sócia há varias gerações e reserve já o seu caixão antes que esgotem, pois no próximo ano o numero de suicídios vai aumentar em flecha e convém já ter o seu espacinho no cemitério junto ao jazigo da sua bisavó. A menos que prefira ser enterrado junto ao cão lá no quintal.

 Como vê, só boas razões para celebrar na meia-noite do dia 31 para dia 1 a chegada de um novo ano. Não há nada como começar o ano completamente bêbado e passar o resto do primeiro dia em ressaca. Poucas coisas sabem assim tão bem. Se trabalha nesse dia tem sempre a oportunidade de se embebedar no dia seguinte, pois mal começamos o ano entramos logo em fim-de-semana.

 

Amuleto da sorte: carica sagres

número: 0

Dia da semana: Segunda-feira

 

Hoje estou: cansado da escola
Estou a ouvir: João Manzarra - Pudim de Natal
publicado por JoãoVieira às 21:04
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 15 de Dezembro de 2009

História erótica do coisar, coiso e coisa

Photobucket

 

Era uma vez…um casal de namorados, que já andavam à coisa de meio ano. Um dia decidiram coisar os dois. Combinaram uma coisa juntos na casa de um deles, vestiram uma coisa mais formal, coisaram o cabelo,e lá foram coisar.
  Já no quarto dela, coisaram-se na cama, ela coisou-se em cima dele, e ele coisou-lhe a camisola, começou a coisar as coisas dela e ela sentiu-se coise. Então ele coisou-se para ela e disse:
 -Quero que me coises!
 -Que te coise?-disse admirada.
 -Sim! Coisa-me todo!
E lá foi ela obedecer à coisa que o seu amor lhe pediu. Foi coisando-lhe o corpo, coisou-lhe o fecho das calças e coisou-o mesmo como ele queria. Ele gostou e coisou-a também logo a seguir. Quando já estavam completamente coises ele coisou-a com muita força. Ela como era a primeira vez que coisava, coisou-se de dor e gritou:
 -AI AMOR!QUE COISA!

 -Já não queres coisar??- perguntou ele um pouco confuso
 -Quero! Coisa-me mais,coisa-me muito.
E ele continuou a coisa-la como ela pediu…ela coisou-se de prazer.
-Estou quase a coisar amor!-disse o rapaz

-Não coises já!- disse ela- aguenta mais um pouco.
No fim coisaram juntos.
 Deitaram-se completamente coisos na cama. Ela virou-se para ele e coisou:
 -Gostei de coisar contigo coiso.
 -Queres coisar outra vez? – coisou ele.

Coiso

Coisa .detesto esta palavra ,e todas os seus derivados como coiso,coisar,coisão,coisinha… è um termo inútil e estúpido, que para ser compreendido tem que ser traduzido antes. Por isso… Não falem em meias coisas, sejam objectivos no que dizem.

 

Hoje estou: coiso
publicado por JoãoVieira às 00:01
link | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2009

Super Mario's Secret Sex Tape

publicado por JoãoVieira às 22:50
link | comentar | ver comentários (1) | favorito

Carta ao Pai Natal

Photobucket

 Querido Pai Natal este natal, tendo em conta que me portei bem melhor que os anos que passaram, vou pedir-lhe um pouco mais. Quero que este ano ao desceres pela chaminé e me sujares a sala toda me deixes muita bebidinha para mim, pelo menos que chegue para beber durante todo o primeiro semestre de 2010. Isto porque a vida é uma merda mas com álcool melhora sempre. Quero também pedir boa companhia para próximas noites gélidas de inverno. Aqui não serei ambicioso. Bastam-me apenas duas ou três pessoas bonitas e do sexo feminino. Quero também um envelope gigante onde possa pôr a minha mãe e depois manda-la para bem longe. Talvez a mande para ti, para teres mais uma pessoa a trabalhar na tua fábrica de brinquedos. No entanto se preferires podes sempre pô-la como empregada de limpeza ou cozinheira. Depois tu decides o que fazer com ela aí.
 Continuando com a lista de pedidos…quero uma casa na cidade de Los Angeles perto da casa da Scarlett Johansson, se pudesse ser vizinho do lado dela era mesmo o ideal. Tu certamente compreenderás porquê.

 Quero também tudo o resto que te peço aos outros anos… muito dinheiro, Paz, alegria…mas este ano à excepção dos outros, por razões que só a mim me dizem respeito, não te irei pedir amor. Isto até que te acaba por poupar algum trabalho, porque sem dares isso também não terás de dar sofrimento, mágoa e revolta que são extras que vêm no mesmo embrulho do amor.

E está a minha lista para este ano concluída. Espero que me realizes todos estes meus desejos.

Manda beijos meus à Mãe Natal, que diga-se que está mais bela de dia para dia.

 

Com muita ansiedade pela noite de 25,João

 

Post scriptum: Traz-me também a Piscas de volta e dá algum juízo à minha cabeça, pois acho que é o que mais me falta.

 

 

Hoje estou: sozinho em casa
Estou a ouvir: The Offspring - Why Don't You Get A Job?
publicado por JoãoVieira às 00:01
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

▲Mais//Textos//

Que se foda o futuro ///▲

Parabéns

Esta é a minha vida trans...

não consigo e não consigo...

Amanha é outro dia. ///▲

Pucca que te pariu ///▲

30 anos

As pessoas mudam...

Conversa com Inês ///▲

Artistas nunca morrem ///...

Noruega ///▲

Zorro ///▲

O que faz falta são féria...

Finito ///▲

Aqui tens o que tantas ve...

Chegada do Verão ///▲

Marte ///▲

"Eles não sabem (...) que...

Por esta hora... ///▲

Estou a ir,quase ///▲

.

Desapareci ///▲

E a minha vida continua a...

Certeza ///▲

SARA///▲

Esta merda vai mudar ///▲

Um dia diferente,a mesma ...

Nascimento de um Rei ///▲

Felicidade ///▲

E sábado há festa! ///▲

Noite Estragada ///▲

Futuro ///▲

Todas as manhãs ///▲

Dentro do comboio, a cami...

Bécas///▲

Vida de estudante é muito...

Felizmente///▲

Porque um dia alguém diss...

Últimos dias ///▲

...

Resistência ///▲

Que gay///▲

Sexo grátis para toda gen...

Hoje foi dia de oral a Po...

Todos os anónimos felizes...

É sempre noite///▲

Qualquer dia mato-te... /...

Qualquer dia mato-me... /...

Vida Fodida ///▲

Dinheiro não compra amor....

▲Mais//Comentados//

▲arquivos//

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

▲_

zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz